O ano começa com novidades para quem pesquisa, estuda, produz e se interessa pelo teatro infantojuvenil: entre os dias 15 e 21 de março, diversos especialistas se reúnem no Interações em Cena – 4º Encontro do Dia Mundial do Teatro para a Infância e a Juventude em um intercâmbio de ideias e reflexões, com workshops e mesas redondas. É a primeira vez que o Itaú Cultural sedia o encontro, concebido pelo Centro de Referência do Teatro para Infância, que é formado por Ana Luisa Lacombe, Deborah Serretiello e Gabriel Guimard.

Confira a entrevista com Gabriel Guimard, diretor da companhia de teatro Megamini e fundador da Rede Cultura Infância e do Portal Cultura Infância.
Quais as novidades na programação deste ano?
As novidades são muitas, pois o que era uma celebração de um dia [no dia 20 de março é comemorado, em mais de 80 países, o Dia Mundial do Teatro para a Infância e a Juventude], se transformou na "semana do teatro para a infância e a juventude". Neste ano, além do tradicional sarau que realizamos com um coquetel de confraternização, teremos workshops, debates, espetáculo, lançamento de livro, grupo de trabalho. A distribuição das atividades está muito harmônica, apesar da "minimaratona" para quem quiser participar de tudo. Mas acho que vale a pena o esforço por parte dos estudantes e dos profissionais da área teatral. 

Quais os principais resultados alcançados depois de três edições consecutivas?
Para nós [do Centro de Referência do Teatro para Infância], o mote principal sempre foi a confraternização entre os profissionais do teatro de São Paulo que atuam no segmento infantojuvenil. A parceria com o Itaú Cultural, neste ano, é um divisor de águas: queremos atingir outro patamar de profissionalismo e de exposição dentro dos veículos de comunicação. Nosso objetivo é que esta comemoração faça parte do calendário cultural da cidade.

Como é o atual cenário do teatro infantil no Brasil?
Percebo que o teatro para crianças no Brasil deu um salto quantitativo e qualitativo. Naturalmente com essa quantidade existem propostas meramente caça-níqueis, mas existe também o teatro infantil de qualidade, realizado por companhias e artistas engajados em oferecer o que há de melhor para as crianças. Pensando em termos nacionais, há problemas agudos em regiões como o Nordeste, o Norte e o Centro-Oeste. Falo delas porque o fomento, a formação, a difusão e a divulgação do teatro para crianças ainda é muito menor do que nos grandes eixos Sul-Sudeste. Salvo as grandes capitais do Nordeste, que mantêm uma produção de teatro infantil mais regular, as outras cidades têm uma produção mais voltada para atender às necessidades das escolas e com pouca pesquisa de linguagem e possibilidades de troca de informações. Acho que ações formativas e a circulação de espetáculos por essas regiões menos privilegiadas são essenciais para mudar o cenário.

Saiba mais sobre o espetáculo que será apresentado ao longo do evento. É para toda a família!

Veja abaixo a programação:

segunda 15 a domingo 21 de março

segunda 15 10h às 17h30 Espaço Educativo – 1º subsolo workshop Direção de espetáculos infantis com Kleber Montanheiro (Cia. da Revista)

terca 16 10h às 17h30 Espaço Educativo – 1º subsolo workshop Dramaturgia infantil provocada com Paulo Rogério Lopes

quarta 17 10h às 17h30 Espaço Educativo – 1º subsolo workshop Teatro e educação? experiências comunitárias com Aglaia Pusch (Paideia Associação Cultural)

quinta 18 10h às 17h30 Espaço Educativo – 1º subsolo workshop A construção de uma comicidade cênica com Leo Sykes e Marcelo Beré (Circo Teatro Udi Grudi)

sexta 19
10h às 17h30 Espaço Educativo – 1º subsolo workshop Integração de linguagens no teatro para crianças com Alexandra Golik e Carla Candiotto (Cia. Le Plat Du Jour)
11h Sala Itaú Cultural espetáculo infantil O Cano [sessão exclusiva para grupos de organizações sociais mediante agendamento. Informações no final da matéria] com Circo Teatro Udi Grudi
19h Sala Itaú Cultural e PP Intervenções Cênicas e Sarau de Celebração
Lançamento do "I Catálogo Livre Teatro Infantil" (escrito por Karen Acioly e publicado pela Aeroplano/Funarte) seguido por trechos dos espetáculos: Poesia Andante (Cia Rodamoinho); Travessia (Grupo Caixa de Imagens); Histórias de Chuva – Gênese (Teatro da Gioconda); Quixote Caboclo (Cia da Tribo); 100 + Nem Menos (Cia Noz de Teatro); Buuuu!! A Casa do Bichão (As Meninas do Conto) e Odisséia de Arlequino (Cia da Revista)

sábado 20
9h30 as 12h30 Sala Vermelha Grupo de estudos e articulação Rede Nacional de Teatro para crianças  Mediação Gabriel Guimard (Centro de Referência de Teatro Infantil)
[evento exclusivo para convidados]
16h Sala Itaú Cultural  Espetáculo infantil O Cano com Circo Teatro Udi Grudi
15h Sala Vermelha Mesa de debates Teatro para crianças tem que ensinar? com Ricardo Schöpke e Eric Nowinski com mediação de Ana Luísa Lacombe
17h Sala Vermelha Mesa de Debates Formação do público jovem com Cláudia Schapira e Laerte Mello com mediação de Deborah Serretiello

domingo 21
16h Sala Itaú Cultural espetáculo infantil O Cano com Circo Teatro Udi Grudi

inscrições para os workshops
vagas 20
a partir da quinta 4 de março até o término das vagas
fone 11 2168 1876

inscrições para o espetáculo infantil O Cano
[somente para a sessão do dia 19, exclusiva para grupos de organizações sociais mediante agendamento]
a partir da quinta 4 de março até o término das vagas
fone 11 2168 1876

Instituto Itaú Cultural | Avenida Paulista, 149 – Paraíso – São Paulo SP (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
Informações 11 2168 1777 | atendimento@itaucultural.ogr.br

entrada franca