foto_dentro11186_3.jpg

7/10/2009

Agência FAPESP – A Agência Unesp de Inovação (AUIN), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) inaugurou sua nova sede nesta terça-feira (6/10),no campus da Barra Funda, em São Paulo.

As novas instalações ocupam um total de 120 metros quadrados, distribuídos em quatro salas no piso térreo do prédio do Instituto de Física Teórica, junto ao Núcleo de Computação Científica da Unesp, com o qual compartilhará uma sala de treinamento e uma de reuniões.

A AUIN tem, entre suas atribuições, a coordenação dos processos de registro, a proteção e o licenciamento de inovações tecnológicas e a defesa de políticas institucionais de proteção intelectual e outras formas de transferência de tecnologia. Além disso, ela acompanha o processamento, a obtenção e a manutenção dos títulos de propriedade intelectual da Unesp e suas negociações com o setor produtivo.

A inauguração, de acordo com a assessoria de imprensa da Unesp, marca o início de uma nova fase nas atividades da AUIN. Criada em março de 2009, a partir do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), a agência tem como objetivo a proteção de propriedade intelectual dos pesquisadores e a promoção da aproximação entre a comunidade científica e a sociedade.

De acordo com o diretor executivo da AUIN, José Arana Varela, a nova designação foi decorrente da ampliação das competências do NIT, que teve o objetivo de possibilitar uma melhor gestão da política de proteção das criações intelectuais geradas na Unesp.

“Com essa mudança, deixamos de ter uma participação meramente formal nos processos de obtenção de títulos de propriedade e nosso esforços se voltaram também para a indução e prospecção de projetos passíveis de proteção intelectual e para o seu repasse à sociedade”, disse Varela.

A promulgação da Lei de Inovação Tencológica, em 2004, exigiu que todo contrato de transferência de conhecimento de uma instituição pública para a sociedade fosse intermediado por um núcleo de inovação tecnológica.

“Essa determinação veio estimular ainda mais as ações da Agência, que passou a atuar também na indução de incubadoras de empresas junto às unidades da Unesp e a participar da criação e desenvolvimento de parques tecnológicos”, disse Varela, que também é professor do Instituto de Química, do câmpus de Araraquara, e vice-presidente da FAPESP.

Para estimular a cultura de proteção intelectual na Unesp, a AUIN promove o Curso de Propriedade Intelectual para Gestores de Tecnologia, oferecido em três níveis: Básico, Intermediário e Avançado. Ministrado por técnicos do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), o curso é oferecido, alternadamente, em diversos campi da Unesp.

A Agência implantou também o programa P.I. na Estrada, que até 2010 deverá ter percorrido todas as 32 unidades que a Universidade mantém em 23 cidades do Estado de São Paulo, para divulgar, junto aos professores e alunos da graduação e da pós-graduação, a importância da proteção intelectual,além de manter um plantão para esclarecimento de eventuais dúvidas.